Área do Cliente

Este é o momento de integrar fontes de energia limpa à mobilidade elétrica. Isso é o que aponta o diretor de sustentabilidade da fabricante de equipamentos fotovoltaicos e veículos elétricos BYD Brasil, Adalberto Maluf. Ele avalia que a pandemia de Covid-19 vai causar uma grande reflexão sobre o modelo de desenvolvimento econômico e deverá propiciar a oportunidade de integrar políticas de mobilidade elétrica e energia limpa e renovável. As informações foram divulgadas pelo Portal Solar, a partir das declarações do executivo durante um webinar promovido pela NurnbergMesse Brasil.

“O desafio é integrar a energia solar com a mobilidade elétrica, qualificar o transporte público. O mundo caminha muito rapidamente para um novo modelo de energia, descarbonizada, descentralizada e mais digital, e, infelizmente, o Brasil está ficando para trás”, alertou Maluf. “Talvez essa seja a oportunidade de integrar essas políticas, não só para ver um parque produtivo no país, mas para reduzir a poluição e melhorar a qualidade de vida. Podemos sair de uma emergência de saúde para uma nova economia, mais integrada e mais verde”, avaliou.

O executivo destacou a vantagem de o preço da energia solar fotovoltaica também estar caindo. “Faz sentido investir no carro elétrico. Vamos viver uma economia na qual essas novas tecnologias vão ter uma importância muito grande. As previsões para fontes renováveis e mobilidade elétrica são muito boas. Vale lembrar que o Brasil saiu de 4 mil para 12 mil carros elétricos vendidos entre 2016 e 2019, um aumento de 300%. Só em janeiro de 2020, houve crescimento de 400% na comparação anual. É um processo econômico, o preço da bateria está caindo. Acredito que essa trajetória de crescimento vai continuar”, disse.

Mesmo com a queda recente nos preços do petróleo, consequentemente nos combustíveis refinados, o diretor da BYD prevê que esse estímulo aos veículos tradicionais dure por um curto período. “Vivemos uma nova realidade, com políticas públicas voltadas para o combate às mudanças climáticas. Foram criadas muitas legislações e metas de redução de poluentes”, explica.

Transporte coletivo eletrificado

Em comunicado em seu site oficial, a BYD afirmou que será a fornecedora de 12 ônibus articulados 100% elétricos para uma linha circular no município de São José dos Campos, interior de São Paulo. Os veículos elétricos serão fabricados pela BYD em Campinas, com prazo de entrega de 18 meses. A BYD possui uma fábrica de veículos elétricos em Campinas desde 2015, com capacidade de produção de 720 chassis ao ano, com possibilidade de expansão para até 1.440 chassis ao ano.

O diretor da divisão de ônibus da BYD, Marcello Schneider, destacou as vantagens ambientais do modelo adotado pela prefeitura de São José dos Campos. “Investir em mobilidade verde não só melhora a qualidade do ar nas cidades, como impacta diretamente na saúde da população”.

Ônibus elétrico para fretamento

A BYD concluiu a homologação da carroceria do ônibus de fretamento do modelo 100% elétrico D9F. Dessa forma, o veículo elétrico está disponível para operações de fretamento e linhas rodoviárias de curtas e médias distâncias. O modelo tem autonomia de 400 quilômetros, com 402 CV de potência, dois motores elétricos e capacidade para 44 passageiros.

Os ônibus 100% elétricos, além de não emitirem poluição na atmosfera, são altamente econômicos, com custo operacional 70% menor do que um veículos tradicional a diesel. Outra vantagem de investir na frota elétrica é a baixa necessidade de manutenção. “Com essa autonomia é possível que operadores façam curtas e médias distâncias com um grande desempenho e economia de operação, graças à disponibilidade e economia de carregamento em relação aos similares a combustão. Trata-se de uma excelente oportunidade para o mercado de fretamento e translado entre aeroportos e também cidades”, explica Schneider.

Financiamento pelo BNDES

A linha de financiamento Finame, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), possibilita a compra de máquinas, equipamentos e bens de informática e automação. Os ônibus elétricos estão incluídos nessa linha e podem ser financiados em até 80% do valor, com prazos de até 10 anos e dois anos de carência.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

O que você achou destas novidades? A integração entre geração de energia solar e mobilidade elétrica é a combinação perfeita para reduzir as emissões de gases poluentes e transformar o mundo em um lugar mais verde.

Nós da SunVolt somos especialistas em geração de energia elétrica através da luz do sol em casas, empresas ou propriedades rurais. Invista em um sistema fotovoltaico e tenha painéis solares instalados no telhado da sua propriedade captando a irradiação solar durante todo o dia e a transformando em energia elétrica para autoconsumo da sua família ou atividade profissional.

Entre em contato conosco e peça já o seu orçamento ou acesse nossa loja virtual www.sunvoltshop.com.br.

Fontes: ‘https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/vivemos-o-momento-de-integrar-politicas-de-mobilidade-e-energia-limpa-diz-byd-brasil.html’

‘http://www.byd.ind.br/noticias/byd-vai-fornecer-os-onibus-articulados-da-linha-verde-de-sao-jose-dos-campos-em-sao-paulo/’

‘http://www.byd.ind.br/noticias/byd-concluiu-homologacao-de-onibus-100-eletrico-de-fretamento/’

‘http://www.byd.ind.br/noticias/byd-brasil-e-credenciada-pelo-bndes-para-finame-de-chassis-e-baterias-de-onibus-100-eletricos/’

Fonte da imagem: ‘http://www.byd.ind.br/wp-content/uploads/2020/05/Onibus-fretamento1-e1588881588650-1024x576.jpg’

Compartilhe: