Área do Cliente

O Brasil tem capacidade de aumentar a geração de eletricidade em mais de 17,3% ao combinar usinas fotovoltaicas em flutuadores sobre o espelho d’água de hidrelétricas. Isso é o que revela um recente estudo da Michigan State University, divulgado pelo site PV Magazine, no qual analisou um caso específico no País e mostrou que a combinação entre geração solar fotovoltaica e hídrica aumentaria a produção elétrica brasileira. O Brasil já possui projetos em operação que combinam a geração de energia solar fotovoltaica e hídrica que se mostram eficientes.

De acordo com a publicação, o modelo estudado pelos pesquisadores permite a combinação de duas ou mais fontes de geração de eletricidade no mesmo sistema. Assim, seria possível instalar usinas solares flutuantes em reservatórios dos parques hidrelétricos nacionais, aproveitando a infraestrutura de geração e transmissão já presente. Além do aumento na capacidade de geração das usinas, a geração híbrida (solar-hídrica) traria um impacto positivo na economia, atraindo R$ 76 bilhões em investimentos, gerando 475 mil novas vagas de emprego em 10 anos. A projeção inicial estima expansão na capacidade instalada atual de 109 gigawatts (GW) para 128 GW.

Atualmente, um dos projetos-piloto de destaque no Brasil, que combina a geração de energia solar fotovoltaica em reservatórios de hidrelétricas, está localizado em Sobradinho, interior da Bahia. A usina solar flutuante tem capacidade instalada de 1 megawatt-pico (MWp), com ampliação prevista para 2,5 MWp. A represa Billings, em São Paulo, também possui um projeto-piloto de geração híbrida, com painéis solares instalados em flutuadores sobre o espelho d’água, e potência de 100 quilowatts (kW).

O Brasil deu o primeiro passo rumo ao processo de regulamentação da hibridização de fontes de energia, o que consistiria na permissão e normatização para geração de mais de uma fonte de energia no mesmo sistema. A abertura de uma consulta pública para elaboração de um projeto de lei foi recebida com entusiasmo pelo setor, afirma a publicação.

Conta de luz mais cara

Em meio a mais uma crise hídrica, o Brasil se prepara para utilizar novamente suas termelétricas, muito mais caras e poluentes. O jornal Estadão publicou um artigo assinado pelo presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Sauaia, e pelo presidente do Conselho de Administração da Absolar, Ronaldo Koloszuk, no qual defende o uso da energia solar contra os aumentos nas contas de luz e acionamento da bandeira vermelha, quando há uso das termelétricas.

O artigo defende a ampliação da fonte solar fotovoltaica, bem como do uso da mini e microgeração distribuída, na qual qualquer consumidor pode ter um sistema fotovoltaico com painéis solares instalados em telhados, terrenos ou fachadas de residências, empresas ou propriedades rurais. Os executivos da Absolar defenderam ainda o Projeto de Lei (PL) n.º 5.829/2019, afirmando que, atualmente, representa o melhor caminho para garantir maior segurança ao setor, sustentabilidade e economia aos brasileiros.

O uso e investimento em termelétricas foi contestado, pois, segundo os executivos, as fontes solar e eólica seriam suficientes para equilibrar o sistema, voltando a matriz elétrica nacional rumo a 100% renovável. “Quanto mais usarmos o sol, o vento e a biomassa, menor será a dependência das hidrelétricas”, escreveram.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

O que você achou destas novidades? Se você quer aproveitar todas as vantagens da energia solar e começar a economizar nas suas contas de luz, invista já em um sistema fotovoltaico para a sua casa, empresa ou propriedade rural.

Entre em contato conosco da SunVolt e descubra como ficar livre dos aumentos nas contas de luz, economizar e ainda valorizar o seu imóvel.

Fontes: ‘https://www.pv-magazine-latam.com/brasil-noticias/a-instalacao-de-usinas-flutuantes-em-hidreletricas-aumentaria-a-geracao-em-ate-17-no-brasil/’

‘https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,com-energia-solar-haveria-menos-bandeira-vermelha-no-bolso-de-todos,70003734034’

Fonte da imagem: ‘https://pixabay.com/pt/photos/c%C3%A9lulas-solares-solar-painel-solar-594166/’

Compartilhe: