Área do Cliente

O estado da Bahia acaba de receber outra usina de geração de energia solar fotovoltaica. O complexo solar São Pedro entrou em operação na cidade baiana de Bom Jesus da Lapa, com 67,1 megawatts (MW) de potência instalada. A usina fotovoltaica é da Atlas Renewable Energy, empresa de energia renovável do fundo britânico Actis, que inaugurou o seu primeiro projeto de geração solar no Brasil. O complexo solar foi um dos projetos vencedores no leilão de energia de 2015, e faz parte de uma PPA para fornecimento de energia elétrica durante 20 anos.

De acordo com o comunicado da empresa, o financiamento para a instalação dos painéis fotovoltaicos da planta solar foi assegurado pelo Banco do Nordeste (BNB), apoiado por uma quantia equivalente em garantias bancárias comerciais dos bancos BTG Pactual, ABC Brasil e Bradesco. O complexo solar de São Pedro conta com 204.120 módulos solares, fornecidos pela fabricante chinesa Jinko e também pela Canadian Solar – com fabricação em Sorocaba, no interior de São Paulo. O projeto também conta com inversores da americana General Eletric. Foram criados 696 empregos diretos durante a construção do complexo solar de São Pedro.

A instalação ocupa uma área de 150 hectares e foi projetada para gerar 150 gigawatts (GW) ao ano, o que seria suficiente para abastecer aproximadamente 82 mil residências por ano, além de reduzir as emissões de gases poluentes em mais de 61 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2), de acordo com cálculos da empresa. Segundo o presidente geral da Atlas no Brasil, Luis Pita, em apenas dois anos a companhia se estabeleceu como a segunda maior indústria brasileira de energia solar e tem como objetivo continuar crescendo e ampliar o número de usinas renováveis, que incluem os projetos de Juazeiro e Sertão Solar, na Bahia, e o Sol do Futuro, no Ceará.

Complexo solar recebe autorização no Piauí

A usina de geração de energia solar fotovoltaica Marangatu, com capacidade de 560 MW, recebeu autorização para construção na cidade de Brasileira, no estado do Piauí. A empresa responsável pelo projeto afirmou que a instalação fotovoltaica será dividida em 18 unidades, com 30 MW de capacidade instalada cada. O início da construção está programado para o segundo trimestre deste ano, conforme o diretor da Interalli Group, Fabrício Slavieiro Fumagalli.

Ainda segundo o diretor da empresa, a usina solar Marangatu será instalada em uma área com altos níveis de irradiação solar e ajudará na geração de energia elétrica para atender à demanda do País. Segundo o site PV Magazine, ainda não está claro se a usina de Marangatu vai competir em futuros leilões de energia renovável ou se vai vender a produção de eletricidade solar através de um PPA privado, ou seja, um contrato de compra e venda de energia no mercado local.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

O que você achou destas novidades? Aproveite as vantagens da energia solar e comece a gerar energia através da luz do sol diretamente na sua casa, empresa ou propriedade rural. Tenha um sistema fotovoltaico de microgeração captando a luz do sol durante todo o dia e transformando-a em energia elétrica solar para autoconsumo. Assim, você economiza nas contas de luz, podendo a chegar a 90% de economia nas tarifas elétrica, valoriza o seu imóvel e diminui as emissões de gases poluentes.

Entre em contato conosco e peça já o seu orçamento de sistema fotovoltaico.

Fontes: ‘https://www.atlasrenewableenergy.com/pt-br/atlas-renewable-energy-inaugura-67-mwp-em-complexo-fotovoltaico-sao-pedro/’

‘http://www2.ctee.com.br/brasilsolarpower/2016/zpublisher/materia/?url=atlas-inaugura-primeira-usina-solar-no-brasil-20190128’

‘https://www.pv-magazine-latam.com/brasil-noticias/atlas-conecta-parque-solar-de-671-mw-na-bahia/’

‘https://www.pv-magazine-latam.com/brasil-noticias/complexo-solar-gigante-recebe-autorizacao-no-piaui/’

Fonte da imagem: ‘https://www.atlasrenewableenergy.com/pt-br/atlas-renewable-energy-inaugura-67-mwp-em-complexo-fotovoltaico-sao-pedro/’

Compartilhe: