Área do Cliente

A Universidade Estadual de Maringá (UEM), no estado do Paraná, terá um sistema de geração de energia solar fotovoltaica. A instituição da região sul do Brasil foi a única classificada em um edital de Chamada Pública da Eletrobrás (Centrais Elétricas Brasileiras S.A.) para receber financiamento público para implementação de um sistema de geração de energia através de painéis fotovoltaicos que serão instalados na cobertura do Hospital Universitário (HUM). O crédito faz parte do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) – Edifica 2018.

O projeto enviado à Eletrobrás visa o abastecimento de parte da demanda de energia elétrica do campus, contemplando desde o estudo e elaboração do projeto para implementação de um sistema fotovoltaico de mais de 3 mil metros quadrados de placas fotovoltaicas. O Procel foi desenvolvido para cumprir uma lei que determina que a Eletrobrás destine 0,1% da receita operacional líquida das distribuidoras de energia elétrica para projetos de eficiência energética, visando promover o uso mais eficiente da eletricidade, combater o desperdício e reduzir os custos setoriais.

O valor do recurso financeiro ainda não foi definido, já que o crédito será utilizado desde a formulação do projeto do sistema de geração de energia solar fotovoltaica, conforme as próprias regras do edital. O Procel investirá em instituições que tenham interesse em receber um diagnóstico de desempenho Energético Operacional de Edificações (DEO), um projeto de modernização com foco em eficiência energética em telhados de edificações, e também um projeto de usina de minigeração distribuída de energia solar fotovoltaica.

Para concorrer ao edital, a UEM realizou um estudo e levantou as condições da cobertura do Hospital Universitário. A proposta enviada utiliza apenas 30% da área total do telhado, um pouco superior aos 2,8 mil metros quadrados de outro sistema fotovoltaico que está em fase de licitação para o campus sede da UEM, dentro de um Termo de Cooperação Técnica com a Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Assim que o acordo for assinado junto a Eletrobrás, a universidade terá 14 meses para elaborar o projeto do sistema fotovoltaico; 18 meses para execução do retrofit – processo de modernização de um equipamento já considerado ultrapassado ou fora da atual regulamentação – da cobertura e instalação dos painéis fotovoltaicos; e, por fim, mais 12 meses reservados para o monitoramento do projeto. Ao todo, o projeto de cooperação entre a UEM e a Eletrobrás vai durar 44 meses.

Ampliação da energia solar em Goiás

O governador de Goiás, José Eliton, determinou que o secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), Hwaskar Fagundes, realize estudos de viabilidade que facilitem os investimentos no setor fotovoltaico no estado. Em reunião com o presidente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de Goiás, o deputado Simeyzon Silveira, e representantes do setor fotovoltaico do estado, foram discutidas propostas que facilitem os investimentos em energia solar fotovoltaica e incentivem que mais empresas de energia solar se instalem em Goiás.

O deputado ainda destacou que Goiás ocupava o oitavo lugar entre os estados com maior participação da fonte solar fotovoltaica e hoje já é o sexto. “A nossa meta é chegar até o final do ano entre os três maiores estados em produção de energia limpa”, disse Simeyzon Silveira. Grande parte desse sucesso se deve ao Programa Goiás Solar, lançado em fevereiro de 2017, com objetivo de desburocratizar e reduzir a carga tributária no setor. Outra conquista do programa é difundir a geração de energia solar fotovoltaica para mais regiões do estado, fomentando o uso da energia solar fotovoltaica em áreas urbanas e rurais.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

O que você achou destas novidades? Se você se interessa por geração de energia renovável como a energia solar fotovoltaica, continue acompanhando o nosso blog. Nós da SunVolt Energia Solar Fotovoltaica sempre divulgamos as principais informações e novidades sobre o setor de energia solar, painéis fotovoltaicos em telhados e sistemas de micro e minigeração distribuída. Entre em contato conosco e tenha o seu próprio sistema fotovoltaico gerando energia solar na sua casa, empresa ou propriedade rural.

Temos representantes nas cidades de São Paulo, Araras, Barretos e São Sebastião, no estado de São Paulo; Volta Redonda e Rio de Janeiro, no estado do Rio de Janeiro; Belo Horizonte e Ubá, em Minas Gerais; Primavera do Leste, no Mato Grosso; Cascavel, Paraná; e Palmas, no Tocantins.

Fontes: ‘http://www.noticias.uem.br/index.php?option=com_content&view=article&id=22731:uem-tem-proposta-aprovada-pela-eletrobras-para-usar-paineis-fotovoltaicos-no-hu&catid=986:pgina-central&Itemid=101’

‘http://maringa.odiario.com/maringa/2018/05/hu-ganhara-paineis-de-energia-solar/2494028/’

‘https://www.emaisgoias.com.br/geracao-de-energia-solar-sera-ampliada-em-goias/’

‘https://diariodegoias.com.br/cidades/107938-jose-eliton-autoriza-estudos-para-ampliar-a-geracao-de-energia-solar-em-goias’

Fonte da imagem: ‘http://www.visionmaritima.com.uy/wp-content/uploads/2014/06/panel-fotovoltaico.jpg’

Compartilhe: