Área do Cliente

Instalar sistemas de geração de energia solar fotovoltaica já se mostra como alterativa viável em prédios públicos, visando a economia nas contas de luz, além da contribuição positiva ao meio ambiente. Mais e mais governos e entidades governamentais investem ou pretendem investir na tecnologia para gerar eletricidade solar e garantir o funcionamento de suas atividades. O prédio da Justiça Federal em Uberaba, no interior de Minas Gerais, vai seguir o exemplo do Tribunal Superior do Trabalho do Distrito Federal, que já produz energia solar fotovoltaica. E a fonte solar também será adotada na câmara municipal de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul.

Segundo informações do Portal Solar, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) em Brasília (Distrito Federal), iniciou a produção de energia solar fotovoltaica no início de dezembro. O TST gera 20% do total que consome, com economia prevista de R$ 1 milhão em um período de 12 meses. Gerar a própria energia elétrica parece se tornar tendência entre o setor judiciário. Conforme o jornal JM Online, a Justiça Federal em Uberaba está terminando as obras para instalação de um sistema de geração de energia solar fotovoltaica. O investimento total da obra no interior de Minas Gerais é de R$ 597 mil.

O sistema fotovoltaico no prédio da Justiça Federal de Uberaba tem potência instalada de 186 quilowatts-pico (kWp) e deve gerar até 80% de economia nas tarifas de energia elétrica do órgão. A previsão de payback – tempo de retorno do investimento – é de apenas cinco anos, com economia anual de mais de R$ 150 mil. O sistema fotovoltaico vai captar a irradiação solar e gerar eletricidade, seguindo as regras da geração distribuída (Resolução Normativa no 482/2012), que permite que o excedente elétrico produzido seja injetado na rede da concessionária local e se transforme em créditos para abatimento nas contas de luz subsequentes.

Já no município de Santa Cruz do Sul, a câmara de vereadores abriu uma licitação para a implantação de um sistema gerador de energia solar fotovoltaica com objetivo de atender a demanda da administração pública. A estimativa de economia no Poder Legislativo municipal é de R$ 120 mil ao ano. Conforme a presidente da Câmara de Santa Cruz do Sul, Bruna Molz, a instalação de um sistema fotovoltaico “é uma alternativa para que o Legislativo adote práticas de sustentabilidade ambiental". Molz destacou também que a economia nas tarifas elétricas poderá ser revertida a áreas prioritárias como saúde e educação.

O estado do Rio Grande do Sul está em terceiro lugar no ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em quantidade de sistemas de mini e microgeração distribuída, com mais de 20 mil unidades geradoras de energia solar. Somente a cidade de Santa Cruz do Sul tem 189,7 megawatts (MW) de potência fotovoltaica instalada.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

O que você achou destas novidades? Aproveite você também todas as vantagens da energia solar e invista em um sistema fotovoltaico para a sua casa, empresa ou propriedade rural. Ao investir em um sistema fotovoltaico, com painéis solares instalados no telhado da sua propriedade, você garante economia nas suas contas de luz, podendo chegar a 98% de economia, além de valorizar o seu imóvel e ainda contribuir para um mundo mais sustentável e com menos emissões de gases poluentes.

Entre em contato conosco da SunVolt e peça já o seu orçamento de sistema fotovoltaico. Ou acesse nossa loja virtual www.sunvoltshop.com.br e compre online todos os equipamentos para instalar o seu sistema de geração de energia solar.

Fontes: ‘https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-solar/santa-cruz-do-sul-tera-mais-uma-usina-de-energia-solar.html’

‘https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-solar/energia-solar-e-adotada-pelo-tribunal-superior-do-trabalho-do-distrito-federal-como-medida-de-sustentabilidade.html’

‘https://jmonline.com.br/novo/?noticias,2,CIDADE,190303’

‘http://www2.aneel.gov.br/scg/gd/GD_Estadual.asp’

Fonte da imagem: ‘https://www.greenfm.com.br/wp-content/uploads/2016/08/energia-solar-660x330.jpg’

Compartilhe: