Área do Cliente

Um trem turístico movido a energia solar fotovoltaica vai ligar cidades da Argentina e Peru. Segundo informações divulgadas pela Câmara Nacional de Turismo do Peru, o trem é o primeiro da América Latina movido por energia solar – e o segundo desse tipo no mundo – e vai ligar as províncias de Jujuy, no noroeste argentino, até a região de Cusco, no Peru. Chamado de Tren de la Quebrada, o comboio turístico solar começou a ser desenvolvido em fevereiro do ano passado e tem previsão de entrar em operação em agosto deste ano.

A princípio, o primeiro trecho a ser operado pelo trem turístico movido a energia solar fotovoltaica será a rota de Volcán com Purmamarca e Maimará, totalizando aproximadamente 20 quilômetros de extensão pelo norte argentino. No futuro, a expectativa é que chegue até a Bolívia, como também à cidade dos Incas, em Machu Picchu, segundo os responsáveis pelo projeto. Todavia, ainda não existe uma data certa para a finalização da rota por completo.

O primeiro trem movido a energia solar fotovoltaica da América Latina vai contar, inicialmente, com dimensões reduzidas, sendo capaz de transportar cerca de 240 passageiros em apenas um vagão. Por ser um trem destinado ao turismo, a velocidade de operação será de 30 quilômetros por hora. A viagem entre Volcán e Maimará levará aproximadamente três horas, porém, contará com as belas paisagens do trajeto.

Para operar utilizando a luz do sol, o trem possui painéis fotovoltaicos instalados no teto da comitiva, e são essas placas as responsáveis por captar a irradiação solar e transforma-la em energia elétrica para abastecer a propulsão que funcionará também com diesel hidráulico. De acordo com o coordenador do projeto, o engenheiro Pablo Rodríguez Messina, o trem movido a energia solar é um grande desafio, pois está em desenvolvimento uma nova tecnologia para o transporte ferroviário no futuro.

O trem vai utilizar a ferrovia Belgrano Cargas, desativada há 25 anos na Trilha Inca, que foi a primeira rota comercial na América do Sul, segundo Messina. A primeira fase do projeto teve investimento de US$ 9 milhões – aproximadamente R$ 33,5 milhões –, enquanto a segunda etapa terá custo de US$ 6 milhões, cerca de R$ 22 milhões. O projeto contou com especialistas e profissionais internacionais responsáveis pelo primeiro trem movido a energia solar, criado na Austrália, o Byron Bay, cuja rota tem três quilômetros de extensão.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

O que você achou desta novidade? A energia solar se mostra cada vez mais versátil e eficiente, podendo ser aplicada de diversas maneiras, como no caso dos trens. O principal ganho é no quesito ambiental, já que, ao utilizar a energia solar ao invés da queima de carvão, diminuem as emissões de gases poluentes agravantes do efeito estufa. Se você gostou deste texto, continue acessando o nosso site para saber das principais notícias do setor fotovoltaico no Brasil e no mundo.

Aproveite também as vantagens da energia solar e invista em um sistema fotovoltaico para a sua casa, empresa ou propriedade rural. Tenha placas solares instaladas no telhado da sua propriedade, gerando eletricidade solar limpa e renovável durante todo o dia. Economize nas suas contas de luz e ainda valorize o seu imóvel. Entre em contato conosco e peça já o seu orçamento.

Fontes: ‘http://www.portaldeturismo.pe/noticia/primer-tren-turistico-solar-de-latinoamerica-conectara-argentina-con-cusco’

‘https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-solar/trem-turistico-movido-a-energia-solar-vai-ligar-a-argentina-a-cusco-no-peru.html’

‘https://www.greenme.com.br/locomover-se/transportes/7618-primeiro-trem-solar-america-latina’

‘https://ciclovivo.com.br/arq-urb/mobilidade/trem-solar-america-latina-argentina-cusco/’

Fonte da imagem: ‘http://www.portaldeturismo.pe/storage/posts/February2019/VcRdgvrucq7H0lu7qYau.jpg’

Compartilhe: