Área do Cliente

Um conjunto de órgãos públicos do estado do Paraná já investiu em sistemas de geração de energia solar fotovoltaica e já projeta alta economia nas contas de luz. Isso é o que destaca uma reportagem do jornal Gazeta do Povo, na qual aponta quatro usinas fotovoltaicas em operação ou em processo de implantação em órgão do poder público paranaense. Juntas, essas usinas devem gerar quase 1 megawatt (MW) de eletricidade solar ao mês, montante suficiente para abastecer aproximadamente 6,5 mil residências.

A reportagem se aprofunda em usinas de geração de energia solar fotovoltaica no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), Universidade Federal do Paraná (UFPR) e na Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar). As vantagens da energia solar que fizeram com que esses órgãos investissem na tecnologia são: baixo custo de manutenção das usinas, vida útil de cerca de 30 anos, alta economia nas contas de luz e a contribuição ao meio ambiente, pois a fonte solar é limpa e renovável.

A usina solar do TRE-PR, localizada no município de Paranavaí, ao noroeste do Paraná, foi resultado de um projeto de 2016. “Como as despesas com energia elétrica estavam aumentando a cada ano, teríamos que encontrar alternativas. Foi aí que se buscaram estudos de viabilidade técnica para a implantação da usina fotovoltaica”, contou à publicação o presidente do tribunal, Gilberto Ferreira. A escolha do local baseou-se em estudos que indicaram grande incidência de irradiação solar na região. São 6,2 mil painéis solares em uma área de 28 mil metros quadrados, com potência instalada de 2 MW.

O investimento no sistema de geração de energia solar deve se pagar nos próximos cinco anos, conforme Ferreira. A usina tem capacidade de suprir toda a demanda de energia elétrica das unidades da Justiça Eleitoral no Paraná. “Os recursos que deixarão de ser gastos com o consumo de energia elétrica serão empregados para outros fins, visando ao aprimoramento da nossa Justiça Eleitoral”, afirmou. As placas solares captam a luz do sol, transformando-a em eletricidade, que é repassada à distribuidora local, a Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Já a usina solar fotovoltaica do TJPR promete ser a maior já implantada por um órgão público no País. O empreendimento será construído em uma área de 240 mil metros quadrados, no município de Campo Mourão, também na região noroeste. A previsão é que a obra seja licitada no início do próximo ano. A projeção da obra é de 15 mil painéis solares com capacidade de geração de 5 MW, o máximo permitido para a modalidade de geração distribuída.

O projeto da usina fotovoltaica da UFPR começou com uma ideia do departamento de Engenharia Elétrica da instituição de ensino superior. A conclusão da obra está prevista para este final de ano e o empreendimento terá 3,1 mil módulos solares, com capacidade de 1,2 MW. Além da instalação do sistema fotovoltaico, serão substituídas quase 50 mil lâmpadas e instalados 110 medidores interligados, visando melhorar a eficiência energética do local.

Por fim, a reportagem traz o exemplo da usina fotovoltaica da Celepar, com 192 painéis solares de potência instalada de 60,48 quilowatts-pico (kWp). Essa é a segunda maior usina de geração de energia elétrica do tipo em Curitiba e garante economia anual superior a R$ 60 mil à companhia.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

A energia solar já está sendo utilizada pelo poder público do Paraná para gerar economia nas contas de luz e equilibrar as despesas do orçamento. Se você é do estado do Paraná, aproveite também todas as vantagens da fonte solar, invista em um sistema fotovoltaico para sua casa, empresa ou propriedade rural e tenha painéis solares instalados no telhado da sua propriedade gerando eletricidade a partir da luz do sol durante todo o dia. Entre em contato conosco da SunVolt e peça já o seu orçamento.

Fontes: ‘https://www.gazetadopovo.com.br/parana/energia-orgaos-publicos-parana/’

‘http://www.tre-pr.jus.br/imprensa/noticias-tre-pr/2019/Junho/usina-fotovoltaica’

‘https://www.tjpr.jus.br/noticias/-/asset_publisher/9jZB/content/tjpr-recebe-terreno-em-campo-mourao-onde-sera-construida-a-primeira-usina-fotovoltaica-do-poder-judiciario-no-estado/18319’

Fonte da imagem: ‘https://www.flickr.com/photos/tre-pr/48013981667/in/album-72157708955199422/’

Compartilhe: