Área do Cliente

O Ministério de Minas e Energia (MME) lançou o Plano Nacional de Energia (PNE) 2050. De acordo com informações oficiais da Agência Brasil, o documento tem como objetivo estabelecer cenários e alternativas de respostas do Poder Executivo à demanda energética brasileira a longo prazo. As fontes renováveis, como a energia solar fotovoltaica e a energia eólica são destacadas como futuro da geração de energia elétrica, apesar de o PNE 2050 estabelecer como meta a exploração de petróleo no pré-sal e a construção de novas usinas nucleares.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, ressaltou que a geração renovável já está em contínuo crescimento no País. “Em 2005, não se falava de eólica nem de solar. Hoje estas fontes representam mais de 10% na nossa matriz. Em 2030 elas vão corresponder a 25%. A matriz do mundo de uma forma geral será renovável e será cada vez mais limpa. E isso o Brasil é ator privilegiado. Já tem matriz elétrica de 85% limpa e renovável”, explica Albuquerque.

O plano elenca uma série de diretrizes ao setor elétrico, como manter os investimentos nas fontes renováveis, desenvolver novas soluções de baixo carbono, limitar as emissões de termelétricas ao patamar atual, aproveitar os recursos do petróleo, investir na mobilidade elétrica, bem como também a instalação de novas usinas nucleares.

Crescimento da demanda

No cenário mais completo, chamado de “desafio da expansão”, o Brasil teria crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) acima dos 3% ao ano, consequentemente, uma ampliação da demanda por energia elétrica para abastecer as atividades econômicas e sociais. Nesse cenário, a demanda energética pode crescer 2,15 vezes e a necessidade por energia elétrica até 3,3 vezes.

Apesar do crescimento da demanda, o plano aponta que o Brasil possui como ponto positivo a abundância de recursos disponíveis, como a capacidade de exploração de petróleo, produção de biomassa e potencial para geração de energia eólica e solar. O documento completo pode ser acessado no site do MME.

PPP para instalação de sistemas fotovoltaicos em São Paulo

A edição online do jornal Estadão revelou que a Prefeitura de São Paulo publicou um edital de Parceria Público Privada (PPP) para a instalação de sistemas fotovoltaicos em 80 unidades básicas de saúde (UBS) na capital paulista. O contrato teria prazo de 25 anos, com valor de até R$ 104 milhões.

A reportagem entrevistou o secretário adjunto do governo de São Paulo, Flávio Barbarulo Borgheresi, que afirmou ser apenas a primeira ação do tipo na cidade e servirá de “termômetro” para o interesse das empresas em administrar usinas solares no futuro. Segundo Borgheresi, somente a instalação de sistemas de geração de energia solar fotovoltaica em UBS vai evitar a emissão de 24,5 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera em 25 anos.

Além dos benefícios ambientais, a prefeitura afirma ainda que a instalação dos sistemas fotovoltaicos vai gerar economia de cerca de R$ 142 milhões aos cofres públicos municipais em 25 anos. Como o contrato prevê remuneração máxima de R$ 104 milhões à empresa vencedora do certame, a economia mínima nas contas de luz será de pelo menos 25%.

O edital está disponível no site da Prefeitura de São Paulo, que receberá propostas até o dia 10 de fevereiro de 2021.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

Priorizar a geração de energia solar é garantir um futuro mais sustentável e sem emissões de poluentes.

Se você também quer aproveitar todas as vantagens da energia solar fotovoltaica, entre em contato conosco da SunVolt e comece a economizar até 98% nas suas tarifas elétricas, valorize o seu imóvel e contribua para um mundo mais verde.

Peça já o seu orçamento de sistema fotovoltaico.

Fontes: ‘https://www.epe.gov.br/pt/publicacoes-dados-abertos/publicacoes/Plano-Nacional-de-Energia-2050’

‘https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2020-12/ministerio-lanca-plano-de-energia-mirando-acoes-ate-2050’

‘https://www.pv-magazine-latam.com/brasil-noticias/brasil-publica-plano-nacional-de-energia-ate-2050/’

‘https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,de-olho-em-apelo-sustentavel-cidade-de-sao-paulo-tera-energia-solar-em-postos-de-saude,70003561432’

Fonte da imagem: ‘https://pixabay.com/pt/photos/pain%C3%A9is-solares-energia-pain%C3%A9is-4976541/’

Compartilhe: