Área do Cliente

As políticas de medição líquida (net metering) para geração distribuída de energia solar fotovoltaica residencial, comercial e industrial ainda são fundamentais na América Latina e Caribe. Isso é o que aponta o mais recente relatório “Implementação de políticas de medição líquida na América Latina e no Caribe: design, incentivos e melhores práticas”, publicado no final do ano passado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e divulgado pelo site PV Magazine.

De acordo com o estudo, embora os esquemas de medição líquida na geração de energia elétrica sejam distintos entre os quinze países da região, os resultados foram bem-sucedidos em termos de desenvolvimento de novas capacidades. Os autores do relatório ainda destacam que as políticas de medição líquida de energia solar fotovoltaica são de grande importância aos consumidores domésticos, estimulando-os a adotarem a geração distribuída na América Latina e Caribe, onde os altos índices de irradiação solar são uma das vantagens para a viabilidade da tecnologia de geração fotovoltaica.

O sistema de “reembolso” da energia elétrica produzida, através da compensação de créditos nas contas de luz, é mais atraente ao usuário, segundo o relatório. Logo, os autores apontam que o arcabouço regulatório é fundamental para determinar a real economia da geração distribuída – custos e benefícios – e, consequentemente, para determinar o potencial de adoção de sistemas de mini e microgeração distribuída. Ainda segundos especialistas do BID, empreendimentos de geração de energia solar fotovoltaica com uma taxa de retorno baixa ainda seriam lucrativos em muitos países da América Latina.

O que é medição líquida?

Quando os painéis solares do sistema fotovoltaico instalado no telhado de uma propriedade geram eletricidade solar e essa energia não é utilizada imediatamente, o excedente é injetado na rede de distribuição local. A energia solar que foi enviada para a rede elétrica gera créditos ao consumidor, que poderão ser abatidos da conta de luz tradicional, já que muitas vezes o consumo se dá quando o sistema fotovoltaico não está gerando eletricidade solar – durante a noite – ou quando está muito nublado e a produção de energia é menor.

Logo, a medição líquida ajuda o consumidor que tem um sistema de geração distribuída durante essa variação entre produção de energia elétrica pelos painéis fotovoltaicos e o consumo local, creditando o excesso de eletricidade produzida pelo sistema fotovoltaico e permitindo que o consumidor não tenha que ter um sistema de armazenamento de energia na sua propriedade.

Os sistemas fotovoltaicos têm o pico de produção, geralmente, no período da tarde, quando a irradiação solar costuma ser mais forte. Por outro lado, é mais comum o uso de eletricidade doméstica nos períodos da manhã e da noite, assim, o sistema de medição líquida traz vantagens ao microgerador, que terá maior segurança energética, além de garantir economia nas contas de luz de até 98%, de acordo com o tamanho do sistema fotovoltaico.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

Agora que você já sabe como funciona a geração de energia através da luz do sol e o que é a medição líquida, aproveite todas as vantagens da energia solar e invista em um sistema fotovoltaico para a sua casa, empresa ou propriedade rural. Tenha painéis solares instalados no telhado da sua propriedade gerando eletricidade solar durante todo o dia para autoconsumo da sua família ou atividade profissional. Entre em contato conosco da SunVolt e peça já o seu orçamento de sistema fotovoltaico.

Continue acessando o nosso site e saiba das principais novidades do setor fotovoltaico no Brasil e no mundo.

Fontes: ‘https://www.pv-magazine-latam.com/brasil-noticias/a-medicao-liquida-ainda-e-fundamental-para-a-gd-na-america-latina-e-no-caribe/’

‘https://publications.iadb.org/en/implementing-net-metering-policies-latin-america-and-caribbean-design-incentives-and-best-1’

‘https://consumidorligado.com.br/medicao-liquida/’

Fonte da imagem: ‘https://pixabay.com/pt/photos/energia-solar-sustentabilidade-860205/’

Compartilhe: