Área do Cliente

Os investimentos acumulados em projetos de geração distribuída de energia solar fotovoltaica no Brasil já somam mais de R$ 4,8 bilhões, de acordo com um levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). À época da liberação, o estudo apontava que o País já tinha cerca de 80 mil sistemas fotovoltaicos conectados à rede de transmissão. Hoje, já são mais de 90 mil sistemas, de acordo com dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), com aproximadamente 900 megawatts (MW) de capacidade instalada.  

Os sistemas de mini e microgeração distribuída de fonte solar fotovoltaica representam 99,6% de todas as instalações de geração distribuída no Brasil. Essa modalidade de geração, na qual o consumidor pode gerar a própria energia elétrica, acaba de atingir a marca histórica de 1 gigawatt (GW) de potência instalada, somando todas as fontes: solar, eólica, pequenas centrais hidrelétricas e usinas térmicas. Em breve, somente a capacidade instalada de energia solar na modalidade de geração distribuída vai atingir a marca de 1 GW.

A Absolar destaca que 74,1% dos sistemas de geração de energia solar fotovoltaica de mini e microgeração distribuída são de consumidores residenciais. O setor empresarial de comércio e serviços aparece em segundo lugar em quantidade de sistemas fotovoltaicos, com 17,2% do total; enquanto consumidores da área rural têm 5,3%; indústrias têm 2,8%; e o poder público, com 0,6%.

Segundo o presidente da Absolar, Rodrigo Sauaia, o setor fotovoltaico brasileiro ainda tem muito a crescer, principalmente na geração distribuída. Ele ressalta a importância da segurança jurídica, regulatória e a previsibilidade do poder público para ampliar a atratividade da fonte perante o mercado e aos investidores. De acordo com Sauaia, se mantidas as atuais regras para mini e microgeração distribuída de energia solar fotovoltaica no País, deverão ser arrecadados mais de R$ 25 bilhões à União em tributos e impostos.

Como funciona a energia solar fotovoltaica?

Os painéis solares são constituídos de “pequenos pedaços” de células fotovoltaicas, que são responsáveis pela reação com partículas presente em todos os raios solares, chamadas de fótons. Quando esses fótons atingem as células fotovoltaicas presentes nos painéis, as células dão um “empurrãozinho” nos elétrons, que resultam em uma corrente elétrica. Esse é o efeito fotovoltaico, portanto, é assim que os sistemas fotovoltaicos geram eletricidade a partir da luz do sol.

Mas antes da energia elétrica solar produzida poder ser utilizada, há mais uma etapa muito importante: é preciso passar a corrente elétrica produzida por um inversor. O inversor do sistema fotovoltaico converte a energia do sol gerada pelas placas solares, que está em corrente contínua, para uma corrente alternada. E pronto, a corrente alternada é o tipo certo para uso dentro de casas e empresas, abastecendo o consumo de eletrodomésticos, chuveiro, computadores, ar-condicionado, etc.

Quando a energia solar fotovoltaica não é consumida imediatamente, ela é injetada na rede de distribuição da concessionária de energia da sua região e vira créditos para abatimento das suas contas de luz. Assim, o sistema de geração de energia solar fotovoltaica garante alta economia nas contas de luz, fazendo com que o retorno do investimento se dê entre cinco a sete anos em média.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

O que você acha de começar a gerar energia solar na sua casa, empresa ou propriedade rural e economizar nas suas contas de luz? Se você quer aproveitar todas as vantagens da energia solar, entre em contato conosco da SunVolt e peça já o seu orçamento de sistema fotovoltaico. Nós somos especialistas em energia solar e oferecemos soluções completas: desenvolvimento do projeto, instalação, homologação junto à distribuidora de energia, monitoramento via internet e manutenção.

Continue acessando nosso site e fique por dentro das principais novidades do setor fotovoltaico no Brasil e no mundo.

Fontes: ‘http://www.absolar.org.br/noticia/noticias-externas/investimentos-em-gd-fotovoltaica-passam-de-r-48-bilhoes-no-brasil-diz-absolar.html’

‘https://www.canalenergia.com.br/noticias/53105050/investimentos-em-gd-fotovoltaica-passam-de-r-48-bilhoes-no-brasil-diz-absolar’

‘http://www2.aneel.gov.br/scg/gd/GD_Fonte.asp’

‘https://super.abril.com.br/mundo-estranho/como-funciona-a-placa-solar/’

Fonte da imagem: ‘https://pixabay.com/pt/photos/t%C3%A9cnico-de-painel-solar-renov%C3%A1veis-3936983/’

Compartilhe: