Área do Cliente

A geração distribuída no Brasil ainda está em estágio inicial de maturação. Isso é o que aponta o mais recente artigo da consultoria brasileira Greener, no qual analisa o crescimento da modalidade de geração de energia elétrica descentralizada no Brasil nos últimos sete anos, compara as taxas de crescimento dos sistemas de mini e microgeração distribuída e da capacidade instalada nos últimos anos e ainda apresenta a inserção da geração distribuída de energia solar fotovoltaica por concessionária.

Conforme descreve o artigo, grande parte do crescimento da geração distribuída foi registrado entre 2018 e 2019. Todavia, a taxa de crescimento da capacidade instalada desde 2016 está na casa dos três dígitos percentuais, com acréscimos de mais 527% em potência entre 2015 e 2016; 144% para 2017; 211% no ano passado; e 100% entre 2018 e este ano. O texto ainda aponta que o mercado de geração distribuída tem um grande potencial a ser explorado no País.

O Brasil conta atualmente com 84 milhões de unidades consumidoras de energia elétrica, sendo que, em 2012, esse número era de 70 milhões, o que significa um acréscimo de 14 milhões de novas unidades que consomem eletricidade. Todavia, aqueles que se beneficiam das vantagens da geração distribuída representam apenas uma pequena fração dos usuários da rede elétrica no Brasil, algo em torno de 1,2% das novas ligações, ou 0,19% da totalidade de unidades consumidoras.

O levantamento da Greener destaca que a inserção da geração distribuída varia de acordo com a localidade do País. Minas Gerais tem mais de 27 mil sistemas, abastecendo aproximadamente 48 mil unidades consumidoras, com 280 megawatts (MW) instalados, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Em comparação, Roraima tem apenas 40 sistemas de geração distribuída, que não somam ainda nem 1 MW. Vale ressaltar que mais de 99% dos sistemas de mini e microgeração distribuída são de fonte solar fotovoltaica.

O artigo não busca avaliar o que levou a essa discrepância entre as regiões do País, mas aponta, por meio da inserção dos sistemas fotovoltaicos de geração distribuída em certas distribuidoras de energia, que alguns mercados já estão proporcionalmente mais maduros. Apenas a Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG) possuiu inserção de sistemas fotovoltaicos acima de 1%, mas apresenta pouco mais de 0,4% de inserção devido ao seu extenso mercado consumidor. Já a ENEL SP, que figura como penúltima colocada na lista da Greener, com 0,02% de inserção, mostra que a região metropolitana de São Paulo consiste em um mercado pouco explorado, com grande potencial de crescimento de mercado para os sistemas fotovoltaicos de geração distribuída.

Presidente critica proposta da Aneel

O presidente Jair Bolsonaro criticou a proposta de taxar a energia solar, que está em estudo pela Aneel. Segundo informações do jornal O Globo, durante visita à China, o presidente afirmou que o entendimento da agência é diferente do dele. “Taxar o sol, ô pessoal, já vai para o deboche. Vai haver uma grande reunião do setor com o Bento [Albuquerque, ministro de Minas e Energia] na quinta-feira. Devemos estimular o consumo sem qualquer taxação, disse.

Quando perguntado se as distribuidoras de energia exerciam algum tipo de pressão, o presidente respondeu que não queria entrar no assunto, mas que as agências têm “superpoderes, às vezes mais do que o de ministros”.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

A geração distribuída de fonte solar é uma tecnologia relativamente recente que traz diversos benefícios ao consumidor, como a economia nas contas de luz, valorização do imóvel e redução das emissões de gases poluentes agravantes do efeito estufa. Aproveite você também todas as vantagens da energia solar e tenha o seu próprio sistema fotovoltaico instalado na sua casa, empresa ou propriedade rural, gerando energia elétrica a partir da luz do sol durante todos os dias para autoconsumo da sua família ou atividade profissional.

Entre em contato conosco da SunVolt e peça já o seu orçamento de sistema fotovoltaico.

Fontes: ‘https://www.greener.com.br/geracao-fotovoltaica-distribuida-crescimento-vertiginoso-ou-apenas-maturacao-inicial/?utm_campaign=maturacao_gd&utm_medium=email&utm_source=RD+Station’

‘https://oglobo.globo.com/economia/bolsonaro-critica-proposta-da-aneel-de-tributar-energia-solar-taxar-sol-ja-vai-para-deboche-24041186’

‘https://epbr.com.br/bolsonaro-critica-reducao-de-subsidios-na-geracao-solar/’

Fonte da imagem: ‘https://img.alicdn.com/imgextra/i1/6000000003005/O1CN01yWgT9N1Y4KfZE8Eg9_!!6000000003005-0-tbvideo.jpg’

Compartilhe: