Área do Cliente

A geração de energia solar fotovoltaica de mini e microgeração distribuída ultrapassou a marca histórica de 500 megawatts (MW) de potência instalada no Brasil. Segundo os mais recentes dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a geração distribuída de fonte solar fotovoltaica atingiu a potência instalada de 538 MW, com 52.397 conexões fotovoltaicas em residências, empresas, prédios e propriedades rurais por todo o País. A marca de 500 MW foi atingida no final de dezembro de 2018, de acordo com estatísticas da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). 

A maior parte da atual capacidade instalada de energia solar fotovoltaica, cerca de 370 MW, foi conectada à rede do sistema elétrico brasileiro apenas em 2018, de acordo com a Absoslar, o que revela a forte adesão do consumidor brasileiro, que investiu na tecnologia fotovoltaica durante o ano da retomada econômica. A geração distribuída cresce em ritmo acelerado nos últimos anos. Em 2017, o Brasil tinha cerca de 120 MW de capacidade instalada de fonte solar, 48,6 MW em 2016 e somente 9,7 MW em 2015. 

O ano passado terminou com aproximadamente 49 mil sistemas fotovoltaicos em operação, com cerca de 75% deles em residências, enquanto 16,8% do total estava instalado em comércios e 2,7% geravam energia solar limpa e renovável para abastecer a demanda de indústrias. O percentual restante inclui as instalações em entidades públicas e projetos em comunidades rurais. Todavia, em termos de capacidade de geração, os sistemas fotovoltaicos instalados em comércios tiveram maior participação, com 43,2% da geração de energia elétrica solar, enquanto os segmentos residencial e industrial tiveram 35,7% e 10,3% da capacidade instalada respectivamente. 

O presidente do Conselho Administrativo da Absolar, Ronaldo Koloszuk, destacou que o crescimento dos últimos dois anos da modalidade de geração distribuída de energia solar fotovoltaica foi devido aos menores preços dos módulos fotovoltaicos, além dos seguidos reajustes nas tarifas elétricas em várias regiões brasileiras, que encareceu o custo da energia elétrica tradicional. Outro aspecto importante ressaltado por Koloszuk é o aumento da consciência ambiental entre os consumidores, que buscam e dão prioridade a soluções sustentáveis. 

Atualmente, Minas Gerais é o único estado que ultrapassou a marca de 100 MW em potência instalada de fonte solar fotovoltaica, e, consequentemente, lidera o ranking com 21,8% em capacidade de geração. Em segundo lugar está o Rio Grande do Sul, com 15,7%, São Paulo, com 12,2%, Paraná, 6,1% e Santa Catarina, 5,4%. 

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt 

A geração distribuída de fonte solar fotovoltaica permite que o consumidor tenha o próprio sistema fotovoltaico através de painéis solares gerando energia elétrica limpa e sustentável durante todo o dia. Aproveite você também as vantagens da energia solar e reduza a sua conta de energia em até 98%. Não fique refém dos aumentos sucessivos nas tarifas, invista em um sistema de microgeração solar para a sua casa, empresa ou propriedade rural e economize já! 

Entre em contato conosco da SunVolt e peça já o seu orçamento de sistema fotovoltaico. Nós somos especialistas em desenvolver, instalar e realizar a manutenção de projetos de geração de energia elétrica de fonte solar. 

Fontes: ‘http://www2.aneel.gov.br/scg/gd/GD_Fonte.asp’ 

‘http://www2.aneel.gov.br/scg/gd/GD_Estadual.asp’ 

 ‘http://www.absolar.org.br/noticia/noticias-externas/energia-solar-fotovoltaica-atinge-marca-historica-de-500-mw-em-microgeracao-e-minigeracao-distribuid.html’ 

‘https://www.pv-magazine-latam.com/brasil-noticias/a-geracao-distribuida-de-fonte-solar-chega-a-500-mw/’ 

Fonte da imagem: ‘https://pixabay.com/pt/solar-telhado-pain%C3%A9is-fazenda-casa-776563/’

Compartilhe: