Área do Cliente

Com a demanda por energia elétrica sofrendo retração neste ano, as fontes renováveis de energia deverão liderar a retomada da economia mundial. Isso é o que aponta a Agência Internacional de Energia (AIE), segundo publicação do Portal Solar, na qual revela a estimativa de queda de 6% na demanda global de energia, enquanto, no caminho inverso, a demanda por eletricidade renovável deverá crescer 1% e figurar no centro das atenções e no apoio à retomada econômica mundial.

A queda na demanda dos principais combustíveis fósseis representa cerca de sete vezes mais a redução nas emissões de poluentes, como o dióxido de carbono (CO2), se comparado à crise financeira global de 2008. De acordo com a agência, a crise do novo coronavírus ressaltou a vulnerabilidade dos combustíveis fósseis nas questões de problemas de armazenamento e distribuição. “A maioria dos países, segundo a AIE, está adotando ações para impulsionar uma grande mudança em direção a fontes de eletricidade com baixo carbono, como vento, energia solar fotovoltaica, energia hidrelétrica e nuclear’, disse o Dr. Fatih Birol, diretor executivo da AIE.

O diretor da AIE aponta ainda para os benefícios econômicos das fontes renováveis, como, por exemplo, na geração de emprego e renda. “Esse setor pode gerar empregos, aumentar a competitividade das economias e direcionar o mundo para um futuro de energia mais limpo”, disse. O executivo utilizou Londres como exemplo, no qual, segundo ele, as emissões de carbono devem diminuir quase 8% somente por conta da pandemia, enquanto a demanda por energia renovável está somente aumentando.

A AIE reforçou que a única fonte de energia renovável que não deverá crescer neste ano é a de biocombustíveis, por causa da desaceleração do transporte coletivo.

Energia solar no BRT de Sorocaba

O terminal do Sistema BRT em Sorocaba, interior de São Paulo, terá um sistema de geração de energia elétrica através de painéis solares para abastecer o sistema em sua totalidade. Instalado na Avenida Antonio Silva Saladino, no bairro Vitória Régia, o sistema fotovoltaico tem potência instalada de 1.480,7 quilowatts-pico (kWp) e, quando concluído, terá capacidade ampliada para 1.982 megawatts-hora (MWh), segundo informa o Portal Solar. O uso de energia solar fotovoltaica pelo sistema de transportes vai reduzir as emissões de gases poluentes em 160 toneladas ao ano.

Toda a geração de eletricidade solar será destinada para abastecer a demanda energética das unidades administrativas/operacionais e instalações, como terminais de embarque e desembarque, estações e pontos de parada. Além do uso da energia solar, o terminal em Sorocaba reutiliza a água das chuvas para garantir ainda mais economia às operações.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

A energia solar é uma fonte 100% renovável e garante alta economia ao consumidor que investe na tecnologia. Ao instalar um sistema fotovoltaico residencial, por exemplo, as contas de luz podem ser reduzidas em até 98%, consequentemente, a economia gerada ao mês garante o retorno do investimento em poucos anos. Além desses benefícios, os painéis solares instalados em casas, empresas ou propriedades rurais valorizam esses imóveis e ajudam a diminuir as emissões de gases poluentes na atmosfera.

Se você se interessou e quer aproveitar todas essas vantagens da energia solar, entre em contato conosco da SunVolt e peça o seu orçamento de sistema fotovoltaico. Ou acesse nossa loja virtual www.sunvoltshop.com.br e encontre todos os equipamentos para geração de energia solar fotovoltaica.

Fontes: ‘https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/energia-solar-e-demais-renovaveis-vao-apoiar-na-retomada-da-economia-mundial.html’

‘https://business.mb.com.ph/2020/05/20/renewable-energy-should-be-at-the-heart-of-virus-recovery-plans-iea/’

‘https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/sorocaba-adota-energia-solar-em-terminal-de-passageiros.html’

‘https://revistadoonibus.com/2020/05/19/sorocaba-terminal-vitoria-regia-adota-energia-solar/’

Fonte da imagem: ‘https://alternativeenergy24.com/wp-content/uploads/2020/01/renewable-energy.jpg’

Compartilhe: