Área do Cliente

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) lançou uma nova ferramenta online que pretende impulsionar a geração de energia solar fotovoltaica no estado: o Mapa Solar do Estado do Paraná. A distribuidora de energia elétrica do Paraná disponibilizou gratuitamente o estudo, que fornece informações sobre a incidência de raios solares em cada município paranaense em qualquer período do ano e produz um diagnóstico estimado sobre as vantagens de gerar eletricidade solar e informações ao consumidor que deseja instalar painéis fotovoltaicos para captar a irradiação solar. 

A ferramenta online é totalmente gratuita e pode ser acessada pelo endereço: solar.copel.com. O consumidor paranaense que deseja instalar um sistema fotovoltaico em sua propriedade agora pode identificar as regiões com maiores níveis de irradiação solar, auxiliando na viabilidade de instalação de um sistema de mini ou microgeração distribuída em residências, comércios e propriedades rurais. Ao todo, o investimento da concessionária de energia foi de R$ 550 mil e levou nove meses de pesquisa, em parceria com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar). 

O presidente da Copel, Jonel Iurk, afirmou que a geração de energia solar fotovoltaica “é um caminho sem volta, em uma modalidade de geração que tem crescido exponencialmente no Brasil”. O Mapa Solar do Estado do Paraná permite verificar o alto potencial do estado para a geração de energia solar, principalmente no extremo Norte e Oeste, onde os níveis de irradiação são mais altos. Todavia, todas as regiões apresentam viabilidade para a fonte solar e a irradiação não deve ser o único aspecto a ser observado antes de investir em um sistema fotovoltaico residencial. 

Segundo o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Copel, José Marques Filho, a ferramenta vai ao encontro da demanda por informações do setor e vai funcionar como fomento aos mini e microgeradores de energia solar. “Bom para a empresa, bom também para o consumidor”, destacou. “E, do lado de quem quer investir nessa modalidade de geração, o mapa funciona como um guia e a possibilidade de fazer um ótimo negócio”, concluiu Marques Filho. 

Como foi feito 

A Copel e o Simepar utilizaram dados da radiação solar registrados em estações meteorológicas em um período de 10 anos, entre 2006 e 2016. As medições foram feitas em 100 estações meteorológicas espalhadas por todo o estado do Paraná. As empresas afirmam que o método é bastante preciso, já que cruza dados obtidos por satélite com outras informações como cobertura de nuvens e variações climáticas. 

Mesmo em Curitiba, conhecida como a “capital do céu nublado” o investimento em um sistema fotovoltaico é viável, pois a capacidade de geração de energia solar é de 39%, nível superior à média da Alemanha, um dos países que mais investem e geram energia renovável a partir da luz do sol no mundo. 

Como funciona 

Basta acessar o site da ferramenta e inserir a localização específica para receber as informações de irradiação solar média, temperatura e umidade. As informações são de acordo com o período escolhido: anual, mensal ou por estação do ano. A partir daí, é possível calcular a potência necessária do sistema de geração de energia solar fotovoltaico a ser instalado, conforme o consumo de energia da sua residência e a classe de consumo – disponível na conta de luz do consumidor. 

Com as informações em mãos, basta leva-las a uma empresa especializada na instalação de sistemas fotovoltaicos. Indicamos entrar em contato conosco da SunVolt. 

SunVolt Energia Solar Fotovoltaica 

Se você é do Paraná e quer investir em um sistema de geração distribuída de energia solar, aproveite essa ferramenta da Copel e venha orçar o seu sistema fotovoltaico conosco. Aproveite as vantagens da energia solar e tenha painéis solares no telhado da sua residência gerando energia elétrica limpa e sustentável durante todo o dia. Assim, você economiza nas contas de luz e ainda valoriza o seu imóvel.  

Continue acessando o nosso site e saiba das principais novidades do setor fotovoltaico no Brasil e no mundo. 

Fontes: ‘http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=99418’ 

‘https://solar.copel.com/solar/’ 

‘https://www.bemparana.com.br/noticia/com-inovacao-energia-solar-deve-ganhar-expansao-no-parana’ 

‘https://www.oparana.com.br/noticia/copel-lanca-mapa-sobre-incidencia-de-raios-solares’ 

Fonte da imagem: ‘http://www.aen.pr.gov.br/modules/galeria/uploads/55318/normal_MAPA_SOLAR__COPEL__2.jpg’

Compartilhe: