Área do Cliente

O autoconsumo remoto de energia elétrica apresentou crescimento no Brasil neste ano. Segundo reportagem do Canal Solar, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aponta que nos primeiros 10 meses de 2020 a modalidade registrou 325 megawatts (MW) de potência para autoconsumo remoto, um crescimento de 65% frente aos 195 MW do mesmo período do ano passado. O autoconsumo remoto permite que o consumidor instale uma usina geradora de energia elétrica em local diferente do consumo final, desde que se mantenha dentro da área de concessão da distribuidora e sob a mesma titularidade.

De acordo com o coordenador do grupo de trabalho de geração distribuída da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Guilherme Susteras, esse tipo de geração de eletricidade – principalmente de fonte solar fotovoltaica – para autoconsumo remoto é a preferida entre empresas que possuem múltiplas redes de varejos, de telecomunicações, bancos, entre outras. “É um mercado que possibilita que essas companhias acessem o setor de energia limpa e sustentável nas unidades atendidas de baixa tensão”, explica.

“Outra coisa que podemos destacar do autoconsumo remoto é que, como as usinas são construídas em áreas rurais e remotas, esses investimentos implicam em melhorias na rede elétrica onde as mesmas são implementadas. Esses investimentos são em parte custeados pelos próprios empreendedores que constroem as plantas, melhorando a qualidade da energia dos vizinhos ali na área remota, além de gerar emprego e renda local”, destaca Susteras.

Sudeste lidera

A região Sudeste é líder em autoconsumo remoto no País, segundo levantamento da Aneel. Ao todo, foram instalados cerca de 125 MW entre janeiro e outubro deste ano, um crescimento de quase 50% em relação ao mesmo período do ano passado, em que foram conectados 85 MW. Em segundo lugar está a região Nordeste, com 85 MW, seguida pelo Sul, com 65 MW de capacidade.

Se classificado por estado, Minas Gerais lidera a expansão no autoconsumo remoto. Ao todo, foram registrados 70 MW até outubro deste ano, 30% a mais do que o mesmo período de 2019 (55 MW). Em seguida está o estado do Rio Grande do Sul, com aproximadamente 50 MW; e São Paulo, em terceiro lugar, com 40 MW de potência.

Geração distribuída

A geração distribuída de energia solar fotovoltaica permite que o consumidor tenha painéis solares instalados no telhado, fachada ou terreno de sua propriedade. Ao conectar o sistema à rede (on-grid), o excedente elétrico produzido é injetado na rede de transmissão da distribuidora local e vira créditos para abatimento nas contas de luz, podendo, inclusive, descontar valores em outras localidades do mesmo titular.

Em todo o Brasil, há 337.185 unidades consumidoras que geram a própria energia elétrica através de sistemas fotovoltaicos de mini ou microgeração distribuída. Esse montante gera créditos para 419.923 unidades consumidoras.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

Você também pode ter um sistema fotovoltaico instalado em uma de suas propriedades e utilizar a eletricidade gerada para abatimento nas contas de luz em outros locais. Aproveite todas as vantagens da energia solar fotovoltaica: economize até 98% nas suas contas de luz, valorize o seu imóvel e contribua para um meio ambiente mais sustentável. Tenha placas fotovoltaicas instaladas no telhado da sua casa, empresa ou propriedade rural e comece a gerar eletricidade solar para autoconsumo da sua família ou atividade profissional.

Entre em contato conosco da SunVolt e peça já o seu orçamento.

Fontes: https://canalsolar.com.br/noticias/item/1275-autoconsumo-remoto-registra-crescimento-de-65-no-brasil

‘http://www.absolar.org.br/noticia/noticias-externas/autoconsumo-remoto-registra-crescimento-de-65-no-brasil.html’

‘https://www.costanorte.com.br/colunas/detudoumpouco/o-autoconsumo-el%C3%A9trico-cresce-apesar-da-pandemia-do-covid-19-1.248748’

‘http://www2.aneel.gov.br/scg/gd/GD_Fonte.asp’

Fonte da imagem: ‘https://www.pexels.com/photo/engineer-interacting-with-colleague-standing-near-solar-panels-in-countryside-4254172/’

Compartilhe: