Área do Cliente

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu o preço máximo de R$ 276 por megawatt-hora (MWh) de energia solar fotovoltaica para o Leilão de Energia A-4, que está programado para o dia 28 de junho. Todavia, a expectativa, assim como nos últimos leilões em que a fonte fotovoltaica disputou o certame, é que o preço por MWh atinja patamares ainda menores, devido à projeção de alta competição e deságio. A energia eólica recebeu o menor preço máximo estipulado entre todas as fontes concorrentes, definida a R$ 208/MWh. As informações foram divulgadas pela Aneel.

O preço mais alto entre as tecnologias de geração de energia elétrica ficou com os projetos de termelétricas e de biomassa, com valor máximo de R$ 331/MWh. O preço máximo da energia hidrelétrica ficou ligeiramente superior ao da energia solar fotovoltaica, a R$ 288/MWh, revelando a alta competividade que a matriz fotovoltaica já tem no País para novos empreendimentos. Para efeito de comparação, no último leilão do mesmo tipo para contratação de empreendimentos de geração de energia elétrica, realizado em abril de 2018, a Aneel havia estabelecido o preço máximo de R$ 312/MWh para geração de eletricidade solar.

Em 2017, o valor máximo estipulado para projetos de geração de energia solar fotovoltaica era o mesmo das termelétricas e biomassa, a R$ 329/MWH, ligeiramente superior ao de 2016, que foi de R$ 320/MWh, e muito abaixo dos R$ 381/MWH registrados no primeiro leilão com participação da fonte fotovoltaica, em 2015. O valor máximo por MWh da geração de energia solar fotovoltaica no certame deste ano representa cerca de 70% do valor registrado em 2015, enquanto outras fontes não registraram tamanha queda.

Para este leilão, a Aneel ressaltou que os empreendimentos de geração de energia solar fotovoltaica registrados e de outras fontes renováveis têm direito a contratos de geração de energia elétrica e abastecimento de 20 anos. No início de abril, a Empresa Brasileira de Energia Elétrica (EPE) revelou que já havia admitido 1.581 projetos solares, eólicos, hidrelétricos e a biomassa, com capacidade instalada total de 51,2 gigawatts (GW). Desse total, aproximadamente 26 GW de potência são apenas de usinas fotovoltaicas de grande porte.

Se considerada a ampla e forte competição do certame, o preço médio final dos projetos fotovoltaicos selecionados pode ser menor do que o registrado no último Leilão A-4, que ficou em torno de R$ 118/MWh. Nesse leilão, a EPE e a Câmara de Comércio de Energia Elétrica (CCEE) contrataram cerca de 800 megawatts (MW) de capacidade fotovoltaica. O leilão de junho, todavia, pode ter volumes menores, devido à menor demanda disponível para contratação de novos projetos.

Energia solar em escolas municipais de Porto Alegre-RS

Integrantes da Agência Alemã de Cooperação Internacional visitam seis escolas municipais em Porto Alegre para viabilizar um projeto de implantação de sistemas fotovoltaicos na rede municipal da cidade. De acordo com informações do Portal Solar, a iniciativa tem apoio do Banco Europeu de Investimento e possui orçamento estimado em R$ 50 milhões, a serem captados via financiamento externo. A meta do projeto é fazer com que 99 escolas públicas se tornem autossuficientes com a geração e uso da energia solar.

Até o momento, as visitas serviram apenas como base para estudos de viabilidade. De acordo com o secretário municipal de Educação, Adriano Naves de Brito, não houve custos à prefeitura de Porto Alegre no projeto. Ele ressaltou o ganho ambiental da iniciativa, como também o viés pedagógico dos sistemas fotovoltaicos, com possível envolvimento de professores e alunos no controle das medições, integrando conteúdos ministrados nas disciplinas.

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

A fonte solar fotovoltaica diminuiu o custo por MWh ao longo dos últimos anos, tornando-se cada vez mais competitiva e viável – muitas vezes superando fontes fósseis de geração de energia. Se você quer aproveitar todas as vantagens da energia solar, invista em um sistema de microgeração distribuída para a sua casa, empresa ou propriedade rural e comece a gerar a sua própria eletricidade solar para autoconsumo. Tenha painéis solares instalados no telhado da sua propriedade gerando energia renovável para autoconsumo da sua família ou atividade profissional.

Entre em contato conosco da SunVolt e peça já o seu orçamento de sistema fotovoltaico.

Fontes: ‘http://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao/-/asset_publisher/XGPXSqdMFHrE/content/aprovado-edital-do-leilao-de-geracao-a-4-de-fontes-renovaveis/656877?inheritRedirect=false’

‘https://www.pv-magazine-latam.com/brasil-noticias/a-aneel-estabelece-preco-maximo-de-r-2760-mwh-para-a-energia-solar-no-proximo-leilao-a-4/’

‘https://extra.globo.com/noticias/economia/aneel-aprova-regras-precos-teto-para-leilao-de-energia-4-em-28-de-junho-23700498.html’

‘https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/agencia-alema-quer-implantar-sistemas-de-energia-solar-em-escolas-municipais-de-porto-alegre.html’

Fonte da imagem: ‘https://abrilexame.files.wordpress.com/2016/09/size_960_16_9_energia-solar-japao11.jpg’

Compartilhe: