Área do Cliente

Local de abrigo de milhares de refugiados sírios fugindo da guerra civil no país, o acampamento de Azraq, na Jordânia, é o primeiro no mundo a contar com abastecimento de energia solar fotovoltaica. A informação é da Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Refugiados (ACNUR), que inaugurou o parque solar com apoio e recursos da campanha chamada de "Brighter Lives for Refugees", liderada pela IKEA Foundation, na qual visa permitir aos refugiados acesso à energia elétrica depois de cerca de dois anos sem nenhum abastecimento.

O investimento para instalação dos painéis de energia solar fotovoltaica foi inteiramente financiado pela IKEA, na ordem de 8,75 milhões de euros. A cada lâmpada de LED vendida pela IKEA durante o período da campanha, a fundação doou um euro à ACNUR para conseguir levar eletricidade limpa e educação aos refugiados, garantindo uma vida mais digna aos moradores do acampamento Azraq. A campanha da fundação arrecadou mais de 30 milhões de euros para projetos da ACNUR.

A usina solar de Azraq tem, até o momento, capacidade instalada fotovoltaica de dois megawatts (MW), e deverá fornecer energia elétrica renovável para os 20 mil refugiados que moram em aproximadamente 5 mil abrigos no acampamento, cobrindo a demanda energética de duas aldeias ligadas à rede nacional. A ação filantrópica, além de beneficiar os refugiados, contribui também para a estratégia nacional da Jordânia, que pretende alcançar uma economia mais verde até 2020.

A expectativa é que o parque solar fotovoltaico economize quase US$ 1,5 milhão ao ano, valor que poderá ser destinado a outras atividades, além de reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) em 2,370 toneladas por ano. As instalações fotovoltaicas devem receber ainda um aumento da capacidade instalada e atingir 5 MW em plena atividade, podendo suprir todas as necessidades de energia elétrica de Azraq. Os próprios refugiados receberam treinamento de formação para auxiliar na construção do parque solar, e parte deles deverá ser responsável pela manutenção futura das instalações.

Segundo a comissária-adjunta da ACNUR Kelly Clements, a inauguração do parque solar no acampamento de Azraq é um marco na vida dos refugiados sírios. “Iluminar o acampamento não é só uma conquista simbólica. Proporciona um ambiente mais seguro para todos os residentes do acampamento e dá às crianças oportunidade de estudar”, disse em comunicado da ONU. Clements ainda ressaltou que a parceria entre a Fundação IKEA e ACNUR mostra como é possível aliar novas tecnologias, inovação e humanidade para o desenvolvimento de projetos capazes de causar impacto positivo na vida das pessoas que precisam de ajuda.

Azraq

O acampamento de refugiados de Azraq foi criado em 2014 e está localizado em uma área deserta na região norte da Jordânia, característica pelos verões de extremo calor e invernos rigorosos. Nesse local foi construído um aglomerado de milhares de casas metálicas pré-fabricadas que abrigam os refugiados. Nos últimos dois anos, os refugiados tinham somente algumas lanternas solares distribuídas conforme a chegada ao acampamento e 476 postes alimentados pela luz solar, ambos financiados pela IKEA.

 

Fontes: ‘http://www.un.org/apps/news/story.asp?NewsID=56775#.WRy9V2jyvIU’

‘https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2017/05/17/acampamento-de-refugiados-na-jordania-sera-iluminado-por-energia-solar.htm’

‘http://www.eldiario.es/economia/refugiados-Jordania-primero-alimentado-https://phys.org/news/2017-05-syrian-refugees-jordan-solar-power.htmlenergia_0_644636684.html’

‘https://phys.org/news/2017-05-syrian-refugees-jordan-solar-power.html’

‘https://www.distribuicaohoje.com/ikea-financia-campo-refugiados-alimentado-energia-solar/’

‘http://www.ambientemagazine.com/azraq-unhcr-inaugura-parque-de-energia-solar-em-campo-de-refugiados/’

Fonte da imagem: ‘https://www.distribuicaohoje.com/wp-content/uploads/sites/2/2017/05/parque-solar-em-campo-de-refugiados-na-Jord%C3%A2nia-Distribui%C3%A7%C3%A3o-Hoje-.jpg’

Compartilhe: