Área do Cliente

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) rebateu os cálculos apresentados pelo Ministério da Economia e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sobre a geração distribuída de fonte solar. A associação afirmou, segundo informações divulgadas pelo Jornal do Comércio e revista Exame, que os dados do governo são “incompletos” e que não levam em consideração os benefícios da energia solar fotovoltaica para a sociedade. A Absolar aponta que a fonte solar traz três vezes mais benefícios do que custos aos consumidores brasileiros.

Em nota, a Absolar revelou que as análises da feitas pela associação se contrapõem às apresentadas pelo governo. “As análises da entidade apontam que, para cada R$ 1,00 investido em sistemas fotovoltaicos de pequeno e médio portes usados para abastecer residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos, o setor devolve mais de R$ 3,00 em ganhos elétricos, econômicos, sociais e ambientais aos brasileiros”.

Segundo estudo divulgado pelo Ministério da Economia, o impacto estimado pela não taxação da geração distribuída seria de R$ 56 bilhões nas contas de energia elétrica dos brasileiro até 2035. O governo diz que esse valor é devido ao subsídio à energia solar fotovoltaica em sistemas de mini e microgeração distribuída, que na verdade seria a isenção da Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição (Tusd), tributo que remunera as distribuidoras de energia elétrica pelo uso de suas infraestruturas de transmissão, o chamado custo-fio.

A Absolar disse que seus cálculos sobre os benefícios da geração distribuída de energia solar fotovoltaica foram feitos a partir de investimentos do setor desde 2012, levando em consideração o aumento da arrecadação dos governos municipais, estaduais e federal decorrentes da geração de novos empregos e renda. Segundo a associação, esses fatores não foram considerados pelo Ministério da Economia, nem pela Aneel.

Desde a regulamentação da geração distribuída no Brasil, em 2012, já foram investidos mais de R$ 8,4 bilhões em projetos de geração de energia solar fotovoltaica, que hoje somam mais de 167 mil unidades geradoras, com potência instalada total de 1,9 gigawatts (GW). Esse montante corresponde por 0,65% da geração total de eletricidade em todo o País. Ainda sobre as vantagens da energia solar, a Absolar destaca que no ano passado foram abertos cerca de 92 novos postos de trabalho por dia, e estima que o setor empregue 100 mil brasileiros.

Conforme o presidente do Conselho de Administração da Absolar, Ronaldo Koloszuk, é “importante destacar que o dinheiro economizado na conta de luz do consumidor de energia solar é reinjetado na economia e ajuda a movimentar os setores de comércio e serviços, aquecendo a atividade econômica local”. “Surpreendente que o Ministério da Economia não tenha feito uma conta sequer sobre estes outros benefícios para a economia do País. A quem interessa este tipo de conta incompleta?”, questiona Koloszuk. 

Energia Solar Fotovoltaica SunVolt

A Absolar revela que a energia solar traz mais benefícios do que custos aos consumidores. A fonte é 100% renovável, pode ser gerada de maneira descentralizada, o que garante menores perdas durante a transmissão e distribuição, além da redução nos custos por novas contratações de usinas de geração.

Se você também quer economizar nas suas contas de luz, invista em um sistema fotovoltaico para a sua casa, empresa ou propriedade rural. Entre em contato conosco da SunVolt e peça já o seu orçamento, ou acesse nossa loja virtual e encontre todos os equipamentos para gerar eletricidade solar: www.sunvoltshop.com.br

Fontes: ‘https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/economia/2020/01/720160-absolar-diz-que-ministerio-da-economia-fez-calculos-incompletos-sobre-energia-solar.html’

‘https://www.istoedinheiro.com.br/absolar-acusa-ministerio-de-fazer-calculos-incompletos-sobre-energia-solar/’

‘https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-solar/energia-solar-gera-tres-vezes-mais-beneficios-do-que-custos-aos-brasileiros.html’

‘http://www2.aneel.gov.br/scg/gd/GD_Fonte.asp’

Fonte da imagem: ‘https://pixabay.com/pt/photos/com-energia-solar-fotovoltaicos-4035789/’

Compartilhe: